Investimento em Bitcoin e Forex pós-crise do Coronavírus

Devido à crise do novo Coronavírus, a economia mundial acabou sendo muito afetada. Porém, de acordo com aficionados nas criptmoedas, a pandemia da Covid-19 gerou migração dos ativos tradicionais para as famosas moedas virtuais.

O que se tem notado é que, mesmo com a grande ameaça do Coronavírus, houve um aumento nos preços tanto do Bitcoin, quanto de outras moedas também.

bitcoin

Vale à pena investir em Bitcoin e em Forex no pós-crise?

 

Como os preços das criptomoedas aumentaram muito depois que a crise do novo Coronavírus se instalou, os especialistas começaram a analisar se há alguma relação entre esses dois acontecimentos.

Muitos acreditam que os investidores tradicionais estão encerrando as suas posições nos ativos tradicionais, como é o caso das ações, por exemplo, e investindo em Bitcoin e em Forex. E ainda, que eles estariam fazendo isso como uma medida de proteção do seu patrimônio.

Com isso, a tendência é que esse mercado continue se expandindo no pós crise. Pois, apesar de ser um investimento de alto risco, o retorno também pode ser muito alto.

Da mesma forma, as pessoas também se perguntam se o investimento em Forex no pós crise também compensa.

Nesse caso, assim como tem acontecido com os Bitcoins, o mercado de Investimento em bitcoin e forex também tem sido uma das opções dos investidores. Eles estão migrando para essas duas modalidades, na tentativa de proteger o seu patrimônio.

O número de negociações, tanto de Bitcoin quanto de Forex, tem aumentado na contramão da crise. Quanto mais casos confirmados de Covid-19, mais os negócios nessas duas áreas sobem.

Os mercados de Forex e de Bitcoin têm se mostrado super aquecidos na crise. O que nos leva a crer que, no pós-crise, a tendência é que esse cenário não sofra modificação, continuando em expansão.

Assim como o Bitcoin, o Forex oferece uma série de vantagens para o investidor. Além disso, alguns pontos muito importantes podem ter feito com que haja esse aumento nas negociações, como os custos reduzidos, a escassez de tubarões, flexibilidade de horários, a alavancagem e a liquidez, por exemplo.

Por fim, podemos dizer que o mercado de Forex é mais seguro e maduro, em especial nos momentos de crise. Isso acontece pelo fato de o mesmo ser apoiado na economia de 2 moedas.

O que leva o investidor a se preocupar com a Covid-19?

 

A maior preocupação do mercado é o grande impacto negativo que o mesmo pode causar, levando em consideração o grau de magnitude ao qual ele pode chegar. Diversas restrições já foram impostas para conter a disseminação do vírus, impactando as empresas diretamente.

E é isso que preocupa tanto o investidor. Se a empresa na qual ele investe é impactada pela crise, ele tem grandes chances de sofrer sérios prejuízos.

 


Add Your Comment

* Indicates Required Field

Your email address will not be published.

*