Veja como Pagar o seu Imposto – IRPF 2017

O IRPF 2017 é o imposto brasileiro que é cobrado a todas as pessoas que tenham algum ganho obtido acima de um determinado valor, ele é conhecido também como declaração anual de ajuste, o imposto de renda pessoa física é considerado como principal obrigação fiscal para grande parte do Brasileiros. Nesta declaração o contribuinte dever calcular os valores de impostos que foram pagos num período de um ano, que é conhecido também como ano-base.

O contribuinte pode conferir se ainda está devendo algum valor à receita federal, ou até se pagou valores a mais para que assim receba o seu reembolso, em casos desse tipo, a confirmação dos valores pendentes ou devidos é realizada pelas autoridades tributárias.

Como fazer a declaração do IRPF

A declaração IRPF 2017 é feita pela internet, e o contribuinte tem que fazer o download do programa da Receita Federal para poder realizar a digitação e os cálculos da declaração e também deverá baixar o Receitanet para poder concluir a transmissão dos dados. Se o contribuinte não declarar o IRPF no prazo definido, irá receber uma multa.

IRPF 2017

Existem algumas restrições para pessoas que tenham condições financeiras específicas e que pretendem pagar o imposto, com isso nem todas elas precisam fazer este pagamento. Existem ainda casos em que alguns não brasileiros são obrigados a fazer a declaração do imposto de renda, abaixo ficará disponível alguns deles baseados em regras válidas para esta declaração:

  • Cidadãos que tiveram rendimentos tributáveis em sua declaração como prolabore, bonificações profissionais ou salários, acima de determinado valor anual;
  • Cidadãos que receberam rendimentos não-tributáveis e isentos ou pela qual a tributação é realizada apenas na fonte acima de um determinado valor. São incluídos em casos assim, ganhos em loterias décimo terceiro salário, aplicações financeiras como em fundo de renda fixa ou juros;
  • Cidadãos que obtiveram lucro em transações com bens, como automóveis ou imóveis, dinheiro, como ganhos através de bolsas de valores.

Pagamento IRPF

O pagamento do IRPF pode ser realizado de maneira direta (pela pessoa física) quando não ocorrer casos de atraso do imposto na fonte, assim como, rendimentos de aluguéis, de taxistas e outros. O contribuinte deverá utilizar o Carnê-Leão e o mesmo receberá rendimentos que estarão expostos a retenção na fonte de uma mesma pagadora. Nela, o mesmo, vai poder escolher entre o Mensalão ou a Declaração Anual de Ajustes.

IRPF 2017

O Carnê-Leão trata-se do recolhimento obrigatório que é feito mensalmente pelo Imposto de Renda Pessoa Física ao contribuinte ou pessoas físicas que residem no Brasil e que recebem benefícios de outras pessoas físicas que residem no exterior. O valor recebido de pessoa física ou jurídica com quem tenha estabelecido uma relação de emprego não estará sujeito ao pagamento do Carnê-Leão, nestes casos o imposto é retido pela fonte pagadora.

Existe um percentual para cada faixa de rendimento tributável que determina o valor que o contribuinte terá que pagar. A alíquota varia de 0 a 27,5% e além disso é utilizada para determinar o valor do IRPF detido na fonte.

Penalidades por não pagar o IRPF

IRPF 2017

Existem pessoas que não fazem a sua declaração do Imposto de Renda, mesmo sabendo que esta é uma obrigação da mesma. Para essas que tentam burlar o sistema do imposto, penalidades são aplicadas para que elas não saiam impunes, essas penalidades podem acabar resultando em:

  • Multas (podendo chegar até 20% do valor do imposto devido pelo contribuinte);
  • Cancelamento de CPF;
  • Em casos de maior gravidade como sonegação de imposto, o contribuinte pode ser até enquadrado.

Se o contribuinte acabar caindo na malha fina, o mesmo deverá procurar os motivos que o levaram a detenção no site da Receita Federal para que ele posso ver se a Receita não cometeu algum equívoco. Caso o erro for realmente cometido, o contribuinte deverá refazer a sua declaração e realizar a retificação espontânea, caso contrário poderá ser convidado a prestar esclarecimento em alguma unidade de atendimento da Receita Federal.